Restaurando minha Chevy 500 – post 3

Foi uma decisão difícil, mas tomei coragem e cortei o painel traseiro. Assim consegui usando a marreta dinâmica, desamassar o alojamento da lanterna traseira direita (então guardei a peça nova). Fiz o corte bem na linha que ficará atrás do parachoque, afinal não sou profissional e foi o melhor jeito de esconder a “cicatriz”.

marcar onde cortar, embaixo tem um suporte

marcar onde cortar, embaixo tem um suporte

img_20160820_105415267_hdr

Painel traseiro antes de um martelinho e tasso em bancada.

Painel traseiro antes de um martelinho e tasso em bancada.

Veja que não soltei o lacre da placa para não ter que ir ao Detran!!!!

img_20160820_105927829_hdr img_20160820_112543127 img_20160820_112548797 img_20160820_112605222 img_20160820_115422064_hdr img_20160820_143255281

ainda amassado

ainda amassado

depois de umas marretadas, testando a posição com a lanterna velha

depois de umas marretadas, testando a posição com a lanterna velha

img_20160908_174658563

Eu estava reticente em cortar o painel traseiro e soldar depois, pois teria que colocar massa para corrigir, mas assim que cortei vi que a oficina de funilaria que levei minha Chevy em 2005 para consertar e pintar não economizou na massa plástica e no KPO, o funileiro era um” artista completo, fazia escultura e pintura”!!! Depois que vi isso desencanei….(a minha sorte foi que na restauração do meu Voyagessauro o funileiro dessa oficina já era o Daniel Grijo).

Porém antes de soldar o painel novamente na Chevy, soldei o assoalho….

img_20160909_161940406 img_20160909_162050933

E chegou a hora de conseguir um painel de reforço interno…..que simplesmente não existe!!! na verdade existe 1 a venda a alguns anos no Mercado livre por R$1400,00 (o painel é do cara ele cobra quanto quiser, mas eu não pago) ou seja resolvi eu mesmo fazer o reforço gastando R$30,00 numa chapa de aço.

img_20160907_150428823

Fiz um molde em cartolina e depois passei o modelo para a chapa de aço. Em seguida prendi as chapas na posição correta usando parafusos e depois soldei com a Mini-Mig.

img_20160907_150444453 img_20160909_111226368 img_20160909_111239930 img_20160914_185905295 img_20160914_200315065 img_20160916_164908470 img_20160918_120257298 img_20160918_120324207

Acabei optando em deixar os parafusos. No próximo post mostrarei como alinhei e soldei os suportes do parachoque.

Esse post foi publicado em #Página Principal, Geral, Minha Chevy500 SL 1.6S 1990, Sem categoria e marcado , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Restaurando minha Chevy 500 – post 3

  1. Vitor disse:

    Ainda preciso de coragem de fazer isso no meu Fiat. E aprender soldar haha. Continue assim!

  2. Daniel disse:

    Meus parabéns amigo, possuo uma chevy 1990 prata também e estou passando por essa reforma em casa… A sua, aparentemente não possui podres perto da minha, kkkkkk. Estou soldando a chapa “frisada” que fecha a caçamba e a cabine agora… Essa parte traseira, não tive coragem de mexer, mandei fazer em um cara aqui, foi soldado o assoalho traseiro do chevette e o painel traseiro do chevette tubarão , pois na minha estava tudo muito podre… Ficou mais ou menos o serviço, só o parachoque ficou mais próximo da lataria, além de ter que adaptar ele… Continue assim postando fotos que eu pretendo também fazer isso

  3. Pingback: Restaurando minha Chevy 500 – post 4 | garagem150

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s