Montando as fechaduras, travas, acabamentos e mais alguns detalhes- Restauração do Verdinho – post 22

Dessa vez, vou mostrar primeiro como ficou o interior depois de pronto. E abaixo como fizemos a montagem, regulagem das portas.

Interior restaurado, montado, limpo e cheiroso

Continuando a montagem do interior…

Fechadura, varetas, pinos e gatilhos internos
Dupla-face para colar o plástico ao invés de cola de contato
Plástico para proteger o papelão de porta da água que escorre por dentro das portas
Mais detalhes originais
Porta finalmente pronta, visual original de 1982
Ajuste fino para acerto das folgas do capô
Felipe fixando definitivamente os paralamas
Portas, capô e portamalas ajustados e regulados as folgas
Retocando as porcas e parafusos de ajuste com a cor original Verde Álamo
Aproveitando um pouco de sol, em um mês chuvoso, para manobrar os hotwheels e dar uma voltinha com o Verdinho para matar a saudade de dirigir ele.
De volta guardado na Garagem 150

Próximo passo, último polimento, vitrificação da pintura e montar o exterior, maçanetas, frisos, emblemas, etc …..

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Deixe um comentário

Instalando o interior, parte elétrica e outros detalhes originais – Restauração do Verdinho – post 21

Quando o Verdinho voltou para a Garagem 150 a pouco mais de 6 meses eu fiz um “cronograma mental” ideal, de ter ele montado e pronto no Natal de 2022. É claro que não ficou, mas atrasou por um bom motivo, eu resolvi eu mesmo fazer muitos serviços que em teoria, deveria levar para um profissional. Na prática aprendi um pouco mais sobre o Voyage em 2022.

Continuando a montagem do interior…

As pestanas novas que existem no mercado não encaixam nos frisos, veja na foto abaixo

Borrachas nova paralelas não encaixam nos frisos cromados

Então tive que recuperar as pestanas originais, velhas e trocar novamente.

Limpando as Pestanas originais velhas
Deixei uma semana na água para tentar melhorar a flexibilidade das borrachas velhas para conseguir instalar.
Instalei e ficou perfeito, marcas de uso e umas rachaduras, mas com acabamento melhor que as novas paralelas

Na sequência de fotos abaixo está a montagem do interior e as peças originais raras que consegui comprar e outras que restaurei.

Suporte original do cinto de segurança
Cintos traseiros
Buchas novas e parafuso novo
Cintos de fecho magnético
Encosto do banco traseiro com o tecido e o desenho original
Lateral traseira original revitalizada
Consegui comprar cintos restaurados, as peças são novas e/ou restauradas e a fita dos cintos é nova.
Cintos dianteiros originais
Do jeito que era em 1982
Consegui as Buchas dos parafusos dos cintos, ainda na antiga embalagem de peças, dos anos 80. E os Cintos dianteiros, parte fixa no assoalho do jeito que saiu da fábrica Anchieta da VW em 1982
Banco traseiro, cintos e Carpete original montado
Consegui os grampos originais na concessionária para trocar nas laterais de papelão.
Montando a parte elétrica dos painéis e chave de setas
Montando os bancos dianteiros
Portamalas
Batentes de borracha do estepe feitos á partir dos batentes do tampão traseiro do Gol
Resolvendo problemas de mau contato na boia de combustível
Relógio e Econômetro instalados – era opcional em 1982 e resolvi instalar no Verdinho
Carpete e cintos montados
Tapetes raríssimos!!!! Comprei em 2001 junto com um Gol Special 0km
Tapetes originais novos em carpete do Voyage 2015 para proteger o outro tapete de borracha….. eu sei que é maluquice!
Instalando rádio e parte inferior do painel e portaluvas
Não consegui uma capa do acelerador original, adivinhe qual não encaixa perfeitamente?
Antena manual como era na decada de 80
Buchas da coluna de direção trocadas também
Usando a forração do teto velha para medir e saber onde cortar a forração nova para reinstalar, espelho, luz e para-sol
Momento de coragem, cortar o teto novo !!!
Marque as conexões elétricas antes de desmontar, mesmo sendo óbvio, depois de anos com o carro desmontado você pode acabar esquecendo.
Luz de teto original VW ainda existe original a venda!
Pequena diferença de cor devido ao teto ser novo e o para-sol ai da o original de 42 anos atrás
Trocando os conectores das lanternas
Melhorando as conexões e o aterramento
Todas as luzes finalmente funcionando.

Próximo passo, montar o exterior …..

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Como instalamos os Vidros e as borrachas com os frisos originais – Restauração do Verdinho – post 20

Nessa parte da montagem de qualquer carro é o momento que você mais pensa que deveria ter levado para algum profissional. Mas se nem os acabamentos internos do teto e das colunas (que conheço um ótimo tapeceiro) levei para ele fazer, imagine montar os vidros, borrachas e frisos que não tenho referência de nenhum profissional…. é claro que não reinstalei sozinho, contei com a ajuda e experiência do meu amigo Felipe, na verdade não tem como colocar os vidros sozinho.

PRIMEIRO PASSO: Os frisos cromados/metálicos das borrachas do parabrisa, vigia traseiro e vidros laterais são extremamente raros no Voyage, apenas nos primeiros anos são cromados e de alumínio, nas portas são cromados, mas de plástico e existem novos (paralelos), mas acredito que não são todas as versões de Voyage que utilizam, então a dica é: Melhor cortar as borrachas velhas para tirar os frisos.

SEGUNDO PASSO: Para limpar os vidros que ficaram na oficina de funilaria use “bombril” seco e depois passe um pano com “thinner”, aprendi que é a forma mais fácil de limpar.

Sujeira de 4 anos na funilaria

TERCEIRO PASSO: Monte a borracha no vidro e depois os frisos. Para montar os vidros no carro, passe uma cordinha, coloque o vidro na posição, enquanto uma pessoa faz força de fora para dentro outra vai puxando a cordinha.

Mas é óbvio que descrever aqui no blog parece muito mais fácil do que foi na realidade. Na prática as borrachas paralelas de reposição são muito duras e as vezes o rasgo para colocar os frisos são “rasos”…. O vidro traseiro/ vigia por exemplo instalamos 3 vezes e rasgamos 1 borracha até conseguirmos. A dica para facilitar a montagem é passar vaselina industrial na borracha e na lataria.

Veja o vão entre a borracha e a lataria, mesmo forçando e puxando a cordinha não encaixou. Não tem jeito, tem que tirar e começar tudo novamente.

Outro problema é a baixa qualidade ou os erros de fabricação das peças paralelas. Veja abaixo, uma das borrachas que comprei, não tem o lugar para o friso inferior traseiro, apenas os laterais…. vai entender….o que passou na cabeça de quem projetou a peça, será que ele já viu um Voyage original na vida? Ou foi uma “inovação “? Do tipo….”acho que a vw deveria ter feito os frisos do Voyage iguais ao Santana, então vou tirar o rasgo debaixo.”

Frisos Originais montados em borracha paralela (Obviamente não existem novas originais)
Borracha sem o rasgo para o friso inferior
Rasgo apenas para o friso lateral

QUARTO PASSO: Montar os vidros das portas e etc….Aqui a sequência é muito importante!!!

Comece colocando o vidro dentro da porta, em seguida monte a máquina de vidro, parafuse o suporte ao vidro, mas não parafuse/rebite definitivamente. Coloque os frisos cromados na porta e monte o quebra-vento antes das pestanas. Instale o limitador do vidro dentro da porta, Encaixe as pestanas nos frisos….E finalmente monte, fechadura, gatilho, vareta, etc… veja abaixo nas fotos.

Encaixe do friso na borracha do Quebra-vento
Use uma espátula plástica para não marcar o friso nem a borracha
Acredite, o Quebra-vento só entra nessa posição
Corte o excesso das pestanas
Encaixe no friso
As peças internas são parafusadas por aqui. 10 mm
Instale os frisos primeiro
Depois de muitas e muitas horas pronto
Veja que a pestana nova paralela, não encaixa nos frisos também paralelos. Será que terei que restaurar as pestanas velhas? Ou existe alguma técnica para que estas encaixem?
Batente do vidro
Só rebite após montar tudo
Suporte e máquina do vidro.

Além dos problemas com as pestanas paralelas, outro problema foi que comprei as máquinas de vidro erradas, bom, na verdade o anúncio não dizia que existem 2 modelos para “Voyage quadrado”, 81 a 87 e 88 a 96, muitos vendem apenas o modelo 88 a 96 como sendo para todos os “quadrados”…. veja a diferença

Tamanhos diferentes para portas até 87 é mais “longo”

Próximo passo, montar o interior e a parte elétrica…..

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Como eu instalei a forração interna do Voyage 1982 – Restauração do Verdinho post 19

No último post sobre o meu Voyage Verdinho você deve ter lido que comprei um kit na internet e tentei instalar a forração interna, só que não deu certo. Mas como sou teimoso e não gosto de deixar meus hotwheels fora da Garagem 150 (o Tapeceiro profissional não faz serviços à domicílio), comprei outro kit para fazer uma segunda tentativa. Desta vez, prestei mais atenção e descobri onde errei. Então resolvi compartilhar o meu “lessons learned” aqui no blog, caso você queira tentar fazer também. O post ficou bem longo, com muitas fotos e explicações, mostrando o trabalho que deu este DIY.

Forração do teto montada!

Faça você mesmo!!! Ou pelo menos tente fazer!!

PRIMEIRO PASSO: Obviamente o carro tem que estar sem os vidros para você retirar as forrações velhas. As forrações destes Volkswagen dos anos 70 e 80 são bem simples, afinal não eram carros de luxo, por outro lado isso ajuda a deixar os carros mais leves e com melhor desempenho mesmo com a pouca potência do motor. Resumindo: embora eu ame estes carros, tenho que admitir que o acabamento sempre foi bem “vagabundo”, a forração do teto é plástica e as laterais um courvim com uma espuma de uns 2mm. Agora imagine como é a “qualidade” de um kit atual de reposição (paralelo) para um Voyage de 40 anos?

Forração “amarelada” usada retirada, já não era mais a original VW
Varetas que seguram a forração ao teto
Comparando as medidas das forrações

SEGUNDO PASSO: Fiz uma comparação de medidas entre a forração do teto que estava instalada no Voyage (já não era a original), a forração do kit de reposição paralelo e de uma forração original VW (porém marrom) que comprei errado a uns 20 anos quando restaurei o Voyagessauro 1983.

Fazendo o paralelo ficar nas medidas do original
Original marrom
O kit paralelo usado que estava instalado tem as medidas parecidas com o original
Forração original VW para reposição, uma pena ser marrom e o Verdinho precisar de uma cinza
Forração que acabou rasgada na minha primeira tentativa de instalação
“Costura eletrônica ” da forração original

Costura comum das forrações paralelas

Solução para não errar novamente. Cortar na mesma medida da peça que estava instalada para poder esticar a forração.

Erro da primeira tentativa…achar que a forração já vem pronta nas medidas corretas e ao tentar deixar esticado, rasgou……

Antes de reinstalar a forração do teto, colei a manta antirruído que estava saindo.

Mas é óbvio que precisei de ajuda para conseguir instalar, medir e cortar as forrações

TERCEIRO PASSO: Começamos a instalar a forração do teto pela vareta mais próxima ao porta-malas que tem as travas na travessa do teto, e esticando a forração e prendendo as varetas nas laterais do teto. Comecei esticando o centro,(da traseira para a frente) depois esticando as laterais…. Para fixar na lataria usei cola de contato e cortei o excesso com estilete.

Última vareta, próxima ao vidro traseiro e uma das travas, comece reinstalando por aqui!

QUARTO PASSO: Instalei as forrações das colunas em courvim. Estas peças também fazem parte do kit que comprei, mas pelas fotos abaixo, veja que não tive sucesso em colar a espuma no carro e depois colar o courvim.

Coluna “C” ficou enrugada e não consegui colar de maneira que ficasse uniforme
Não consegui deixar a espuma colada no courvim uniforme, sem contar a costura para emendar as partes é estranha, meu outro Voyage não tem isso, nem o original era assim.
O acabamento ficou muito ruim.

Então resolvi descolar tudo e começar do zero novamente, usando um courvim de qualidade melhor (mais parecido com o original VW) e que já tem a espuma acoplada.

Veja a diferença na textura!!!

Ainda no QUARTO PASSO, usando como molde as peças do kit (mas você pode usar as peças retiradas do carro) marcamos e cortamos as peças.

Novas peças já com a espuma

QUINTO PASSO: Colei as partes de courvim nas colunas usando cola de contato, cortei os excessos, retirei a espuma (usando estilete)

Retirando a espuma para dobrar e colar

Nas bordas a serem dobradas e colar na lataria. Para garantir a posição até a secagem total da cola, usei prendedores de roupa, ideia genial e simples que a Fabi me deu, eu estava sofrendo tentando prender com uns grampos usados em artesanato….

Ideia genial e simples da Fabi, para segurar o courvim no lugar até a cola secar
Coluna A pronta! Já podemos reinstalar o parabrisa
Não ficou perfeito, mas muito bom e bem aceitável para um faça você mesmo em sua própria Garagem
Agora sim! Tudo liso e uniforme, colado a lataria

SEXTO PASSO: Novo carpete e telas novas dos alto-falantes no “tampão traseiro”.

Manta asfáltica
Forração colada como base
Novo carpete e telas novas (acessório de época que ainda existe novo para comprar em 2022), exatamente iguais as que estavam instaladas antes da desmontagem.

Próximo passo …. reinstalar os vidros!!! Será que conseguiremos fazer na Garagem 150?

Publicado em #Página Principal, Geral, Manutenção, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Restaurando minha Chevy 500 – post 9

E terminada a funilaria e pintura do Voyage Verdinho, finalmente chegou a vez do Felipe continuar a funilaria da minha Chevy (eu iniciei, mas chegou no ponto que preciso de ajuda profissional), no post anterior mostrei as peças novas da lataria e como cortei as partes ruins.

O assoalho apesar de novo precisaria ser re-alinhado… como eu tinha uma peça nova, preferimos tirar para usar tudo novo. Nas fotos abaixo você pode ver todo inicio do trabalho.

Peças novas do quebra-cabeças
Novo asoalho novamente…
Assoalho desinstalado…

Na próxima visita do Felipe a Garagem 150, devemos começar a montar as peças e alinhar. Depois começar a desenhar os remendos…

Publicado em #Página Principal, Geral, Minha Chevy500 SL 1.6S 1990, Sem categoria, Upgrade na Chevy 500 | Deixe um comentário

Restauração do Verdinho – post 18

Sei que já faz bons dias que não escrevo nada aqui no blog, pois foram muitas horas no último mês com o Felipe apenas lixando, polindo e corrigindo pequenos defeitos na pintura, apesar de falar para ele, fazer o melhor possível próximo do original, nada de show car que este ano não vamos expor na SEMA….. kkkkkkkkkk (piada de fã do Chip Foose, né?)

O Felipe é obcecado e detalhista em fazer a pintura brilhar!!!! Agora o Verdinho já foi todo lixado e polido, o resultado ficou excelente, dá vontade de polir todos os outros hotwheels para ver se eles ficam com o mesmo brilho. Veja nas fotos abaixo….

Então comecei a montagem externa…. a interna….humm….depois explico.

Fiz uma mudança de layout na Garagem 150, para poder montar o carro tranquilamente e sem pressa, podendo sair com os outros hotwheels sem ter que manobrar o Voyage desmontado. Então ele foi para o fundo da garagem…. ou para a entrada (!?), se você estiver a pé….

Sim!!! Tem um fusca coberto/guardado no jardim esperando a 10 anos a vez dele.

Agora numa vaga com espaço para abrir as portas ….

Montei os parachoques cromados novos com as ponteiras e borrachas do modelo correto, porém com exceção dos suportes do parachoque dianteiro que são originais novos, as demais peças são paralelas e de qualidade razoável, então os encaixes e vãos ficaram aceitáveis, mas longe de perfeitos nos 4 cantos, mas pode ser que nem o original fosse maravilhoso…. nem em meu Golzão G6 2014 todo original é perfeito, imagine como devia ser a produção da VW em 1982?

Parachoques montados

Lanternas com a ré grande e friso cromado

Frente montada
Alinhamento perfeito dos faróis, grade e lataria

Bucha da lâmpada lanterna dianteira desenhada e impressa pelo Marcos, para não alterar o chicote original

E a parte interna? Bom, eu gostaria que o tapeceiro viesse até a Garagem 150 para instalar o teto e laterais em courvim … Mas ele não faz serviços “a domicílio “…. então precisaria levar o Verdinho até a oficina dele e deixar lá alguns dias/semanas…. e a realidade é que eu não ficaria tranquilo…. sou extremamente ciumento e possessivo com meus hotwheels, então comprei um kit de teto e colunas pela Internet e tentei eu mesmo instalar, e ficou uma £♡#@&*!!!!!¡

Então, só me restou a opção de voltar a montar a mecânica, dar o braço a torcer e levar para o profissional de tapeçaria (que já fez os bancos) fazer a interna….

Ou devo comprar outro kit pela Internet e tentar uma segunda vez?

Acho que sei onde errei…. será?

Bom, no próximo post do Verdinho eu já devo ter decidido e você vai saber.

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com , | Deixe um comentário

Restauração do Verdinho – post 17

E continuamos restaurando o Verdinho!!!! Abaixo mais fotos e alguns detalhes do que aconteceu nas últimas semanas.

O Felipe começou o processo de acabamento da repintura lixando…. parece loucura fazer isso numa pintura novinha, mas é exatamente isso, lixa 1200, 1500 e 2000

Depois das etapas de lixamento, começa o polimento. Abaixo todo processo feito no painel traseiro, para poder fixar a placa preta e não correr o risco de quebrar o lacre.

Capô já está brilhando!
Parece pronto, mas ainda faltam mais algumas etapas para terminar o polimento e lustro

A troca dos tecidos dos bancos também ficou pronta. Agora exatamente como era original.

Uma curiosidade sobre o tecido cinza que estava nos bancos anteriormente. O Dono anterior do Verdinho ficou muito bravo com o tapeceiro na época, por ele não ter colocado o tecido igual o original, numa troca que precisou fazer. Com certeza nos anos 90 já era difícil conseguir réplica do original.

Também já colei a manta asfáltica no assoalho, portas e laterais traseiras, além da forração acústica nova.

E o carpete original apesar dos seus 40 anos foi lavado e ficou bem novo, Obrigado Fabi!!!! O que seria de mim e meus hotwheels sem essa mulher!!!

Veja a água suja que saiu do carpete do Verdinho

Até agora a única peça que não existe nova para o Verdinho, é a bucha de borracha do farol, até vi para a venda, mas não parecia nova e sim já ressecada. Comentei isso com meu amigo Marcos e ele desenhou e imprimiu uma peça nova. Sensacional usar a tecnologia atual para restaurar caros antigos e mais sensacional ainda ter um amigo disposto a gastar umas horas para ajudar na restauração!!!

Meu amigo Marcos, salvou o Verdinho dessa adaptação.

Chicote dos faróis ainda originais e muito bons ainda apesar dos 40 anos de idade.

No próximo post …. parachoques, polainas, painel de instrumentos e laterais internas.

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Deixe um comentário

Qual escapamento usar atualmente no Monza S/R?

Vou começar já falando o óbvio, as peças originais não existem mais para reposição, na verdade, poucas peças de “marcas de boa qualidade” ainda são fabricadas para o Monza. Suponho que devem ter existido até os anos 90, assim como todo escapamento original. Então se o seu Monza S/R ainda está original, você tem muita sorte!!!

Eu consegui réplicas do escapamento (não era o fornecedor original da GM) para o mercado de reposição por volta de 2010, na época comprei 2 abafadores do S/R num Auto Center da minha cidade após contato com a fabricante para encontrar algum representante que ainda tivesse em estoque. Aqui vale um esclarecimento, o escapamento do Hatch e do Sedan são quase iguais, a diferença é apenas o abafador final do S/R que é mais grosso tendo um “som esportivo” e o comprimento diferente.

Quando resolvi montar o meu segundo S/R (o S/Rat) não consegui mais encontrar para comprar o abafador igual ao original (modelo 183 do catálogo da fabricante Tuper), então montei o abafador do Hatch 1.8 SL/E que não é “esportivo”…… o abafador é maior e o cano final mais fino, andei assim por alguns anos. Aposto que você pensou: ” Mas não havia comprado 2?” Sim, um instalei no S/R McQueen placa preta e o outro, é o reserva ….. lembre-se que escapamento de carro a álcool não costuma durar muito.

Enfim, esta semana estava “garimpando” peças para o Voyage Verdinho na Internet e vi que ainda é fabricado um abafador “esportivo” para adaptação no Monza Sedan (modelo 182), e lembrei que o Adriano comentou no grupo de WhatsApp que era possível adaptar no Hatch, …. então resolvi arriscar e comprei o “abafador 182” para adaptar no meu S/Rat. Mas antes fiz as fotos abaixo para mostrar as diferenças e visualmente ajudar quem tenha essas mesmas dúvidas.

O mais curto é o modelo 183 da Tuper para o Hatch S/R e embaixo é o modelo 182 que a Tuper ainda fabrica como modelo esportivo para o Sedan
O abafador é o mesmo, mudando apenas o cano final de saída
Não encontrei o modelo 183 a venda. Aparentemente não está sendo mais fabricado
Suportes de fixação no assoalho são iguais

Bom…. parece que as diferenças das curvas são irrelevantes para a montagem e o comprimento é fácil resolver cortando. Parece ser a solução mais próxima do original com o menor custo.

Publicado em #Página Principal, Curiosidades, Geral, Manutenção, Monza S/R 1.8S 1986, Monza S/R 2.0S 1987, Sem categoria, Upgrade no Monza | Marcado com | Deixe um comentário

Restauração do Verdinho – post 16

E após matar a saudade de ter o Voyage Verdinho 1982 de volta a Garagem 150, chegou a hora de organizar as peças para a montagem e também terminar a pintura da carroceria.

Foto após a pintura, veja os detalhes nas fotos abaixo

Comecei passando um convertedor de ferrugem onde a lata estava exposta e oxidando, depois preparação e pintura nas partes internas.

Passo seguinte, pintura…. Tomei a decisão de usar a cor original em spray, para facilitar a aplicação e não sair pintando todos os outros hotwheels que estão na Garagem 150

Também pintei as caixas de roda, na cor original da carroceria

Antes da pintura, ainda na cor correta do “bate pedra” do assalho.

E os detalhes que são em preto….

E claro… uma pintura nas rodas. Como os pneus estão vencidos e precisarão ser trocados, não desmontei ….. apenas lavei, desengraxei, lixei….. e usei tinta e verniz em spray. Acabei descobrindo que nem todas as rodas são originais de 1982, embora sejam originais VW e do modelo correto.

No próximo post….. o lixamento e polimento e o início da montagem da mecânica.

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com | Deixe um comentário

Restauração do Verdinho – post 15

E o Voyage LS 1982 Verdinho voltou para casa!!!

Aproveitamos uma mudança de endereço da Oficina do Felipe e decidimos terminar a restauração do Verdinho na Garagem 150 ao invés de levar para a nova oficina dele. Essa é uma das grandes vantagens em ter sua própria oficina para guardar, montar e desmontar seus hotwheels.

Também trouxe todas as peças que estavam na oficina e comecei a limpar tudo e restaurar as peças com a ajuda da Fabi, antes de montar no Voyage

As vezes as coisas não saem como esperado….. então tive que procurar um novo par de lanternas.

Algumas peças originais que para a maioria das pessoas não vale ou significam nada, mas que para mim traz um grande valor a restauração, e um grande prazer em ter conseguido encontrar e comprar para instalar no Verdinho

Os cintos traseiros ainda são os originais fabricados em novembro de 1981, a data do Verdinho na plaqueta é a segunda semana de Janeiro de 1982
O lavador original do Verdinho era igual ao do Passat antigo, com a bomba separada do reservatório, mas quebrou quando fui desmontar, estava muito ressecado e não funcionava, o mais próximo que consegui, foi um conjunto original do Voyage modelo 83
Consegui apenas 1 original VW por um preço “pagável”, então ainda estou garimpando para o outro lado….
Travas dos bancos originais
Cintas do chicote elétrico, esse eu tinha em meu estoque
Buchas da grade vieram do estoque da Garagem 150
Batentes da placa traseira do estoque
Luzes de placa
Consegui uma capa do encosto original para o tapeceiro copiar o padrão e refazer os bancos
Uma bandeja de bateria original que está em uso a 40 anos!!!
Capas novas dos pedais

Após uma boa limpeza interna pintei as partes pretas internas e desmontei ao máximo o interior para limpar, não retirei a capa do painel para evitar problemas com as alavancas da ventilação

Adesivos iguais aos originais
Fitas originais para prender o estepe
Adesivo igual ao original para o assoalho do portamalas

E as lanternas novas? Não consegui um par original com logo VW por um preço justo, então tentei um par cibié, mas só encontrei com a ré pequena, ano 84 em diante. Então comprei um par Arteb, Valeo, IPV, etc…. ou seja o mesmo molde original mas que muda de nome de tempos em tempos, embora não tenha o logo tem a mesma qualidade e um bom preço. Porém com o friso preto….. então tive que fazer um artesanato….usando um spray cromado

No próximo post mostrarei como terminei na Garagem 150 mesmo, alguns detalhes que faltaram na pintura.

Publicado em #Página Principal, Geral, Meu Voyage LS 1982, Placa Preta, Sem categoria | Marcado com , | Deixe um comentário