Consertando alguns problemas elétricos e outros detalhes no Sgto Predador

Desde quando comprei meu Jeep, notei que ele tinha alguns problemas elétricos e que o ideal seria trocar o chicote completo, pois os fios estão ressecados. Porém vou deixar para fazer isso quando for restaurar toda funilaria e pintura, então fiz algumas ligações paralelas, sei que é uma “gambiarra”, mas como não sou profissional….é aceitável. Porém depois de 5 anos de uso e uns 4.000km depois, o fusível 3 estava queimando após alguns segundos de seta ligada a esquerda. A buzina também não funcionava e utiliza o mesmo fusível. Então comecei estudando o esquema elétrico do manual da Bernardini.

E na prática seguindo o fio correto indicado no manual, descobri que o problema era um curto em um fio que ficou raspando na carroceria. E na Buzina o problema estava na chave de seta…Apenas para garantir troquei o relé e coloquei fusíveis novos também.

Ainda na parte elétrica, ultimamente a partida estava cada vez mais difícil, a bateria já estava bem velha (embora ainda com carga e acionando a partida). Após algumas medições na bobina de ignição, vi que não tinha tensão durante a partida, tinha tensão com o KL15 acionado e obviamente depois com o motor ligado, ou seja somente quando soltava a chave após acionar o motor de partida (desde a compra notei esta característica, mas como o motor acabava ligando, achava que estava correto). Desmontei o contato de ignição do painel e notei que havia 1 fio ligado na posição “ACC”, (este CJ5 foi fabricado pela Ford e usa o comando dos carros Ford dos anos 70) mas o jeep não têm radio FM!!! Então percebi na hora onde estava o problema, apenas mudei o fio para a posição correta “IGN” e o Jeep passou a ligar o motor fácil como qualquer outro carro, também aproveitei a revisão e coloquei uma bateria nova, pois a anterior já tinha 5 anos (era uma bateria não selada, possível repor o líquido e que ficava sempre com um carregador ligado nela por isso da alta durabilidade).

Na parte mecânica, regulei o ponto de ignição e o carburador.

Também instalei cintos de segurança novos, os antigos estavam travando a regulagem, provavelmente por acúmulo de poeira/terra.

Outras manutenções simples, foram a troca do reservatório do fluido de freio que estava rachado e recolocar 2 porcas que caíram do primário do escapamento.

Aos poucos o Sargento Predador vai ficando cada vez melhor….

Esse post foi publicado em #Página Principal, Curiosidades, Geral, Manutenção, Meu Jeep militar CJ5 B12, Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s