Os últimos consertos no S/Rat.

Nas últimas semanas andei usando meu tempo na Garagem 150 para resolver alguns problemas em meu Monza S/R 86. O primeiro conserto na verdade não fui que fiz, levei para meu mestre Valtão, afinal tinha um parafuso quebrado no suporte do ar condicionado que só saiu com a habilidade de um profissional. Depois disso o Valtão trocou a mangueira do ar condicionado que havia quebrado e deu carga no ar condicionado.

Nunca compre um kit universal de ar condicionado, ainda mais este kit vagabundo que eu comprei
Pelo menos o suporte que eu fiz não quebrou (o original do kit já havia quebrado antes)

Outro conserto foi o cabo do velocímetro (mesmo usando um velocímetro por GPS), mas precisa do cabo para a quilometragem.

O segredo para uma fácil instalação é observar a posição da borracha de vedação na parede corta-fogo (dash) para passar o cabo, mas ligar primeiro nos instrumentos do painel e só depois na transmissão. Outra dica é passar o cabo o mais reto possível, no caso dos meus “S/R” instalo o cabo do Monza automático que é um pouco maior que o do manual e facilita o encaixe na transmissão.

Outro problema recorrente é que o S/Rat só ligava quando queria… Mas como ele é uma máquina e preciso arrumar um motivo… Desconfiei que o fio que não tive como ligar na troca do motor de partida (porque o motor de partida instalado, modelo do Vectra, tem um Borne a menos), mais a instalação do ar condicionado, mais uma bateria que já tem mais de 2 anos….seria o motivo.

O fio que ficou desligado, faz uma ligação “direta” entre a bateria e o Borne 15 da bobina, eliminando temporariamente o fio pré-resistivo, com isso a tensão no primário da bobina é maior e obviamente no secundário também facilitando a queima do álcool e a partida. E como eu resolvi?

Instalei um relé auxiliar para a partida. Muito mais barato do que mandar recondicionar o motor de partida velho só por causa de um Borne faltando.

Mas diferente dos programas de TV e canais de YouTube, na Garagem 150 nem tudo dá sempre certo…. O S/Rat as vezes falha em rotação baixa e carga alta…. então troquei já todos os componentes da ignição…o último foi a bobina e novamente a tampa do distribuidor, também limpei o carburador…

Regulei a marcha lenta com ar ligado e desligado após a limpeza, mas a falha continua aparecendo…a solução é não andar em baixa rotação (abaixo de 2000 rpm) com ar ligado.

Esse post foi publicado em #Página Principal, Geral, Manutenção, Monza S/R 1.8S 1986, Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s