Consertando alguns defeitos que surgiram após a restauração de 2014 – Monza S/R 1987

Mesmo não andando nem 300 quilômetros nos últimos 6 anos, participando de alguns eventos ou dando umas voltas pelo bairro, alguns pequenos problemas sempre voltam a aparecer ou surgem novos. Vazamento de óleo, causado por juntas de baixa qualidade nem considero mais como defeito… Então, “estacionei” meu carrinho de ferramentas ao lado do S/R MC Queen e comecei a desmontar tudo sem preguiça, até encontrar o problema e tentar resolver definitivamente.

O maior problema aparente: O vidro da porta da “passageira” não estava abrindo, as últimas vezes que isso aconteceu troquei o botão e resolveu!!! Mas desta vez não era esse o problema, então tive que desmontar algumas partes até descobrir o culpado.

Testei todo circuito e o problema estava no motor elétrico, que apesar dos 33 anos ainda era original GM fornecido pela empresa “M. Carto” (mesma marca das lanternas originais). É claro que não existem mais novos, encontrei e comprei um kit completo de reposição, que usa um motor da marca “Mabuchi” (que na minha infância era sinônimo de motor de autorama, só fui correr com slotcars de verdade, numa pista “blue King” e aprender sobre o assunto depois de adulto). Comprei também um kit de adaptadores para usar o motor modelo “Novo”, no mecanismo original. Veja os detalhes na galeria abaixo.

E como trocar o Vidro elétrico do Monza?

Por incrível que pareça, é bem fácil!!!

Primeiro passo: Desmonte a máquina da porta soltando os parafusos e o “guia” plástico que vai encaixado no suporte que prende o vidro na porta. Quando tirar a máquina trave para o vidro não cair “rápido” e correr o risco de quebrar.

Segundo passo: Você vai precisar decidir, se trocará apenas o motor ou o conjunto completo com os cabos de aço.

Opção 1 – Como trocar apenas o motor usando o kit de adaptação.

Terceiro Passo: Desmonte o motor original do mecanismo de metal, coloque o pino adaptador e a placa plástica no motor novo conforme a foto, use os prisioneiros originais do mecanismo para fixar, porém terá que cortar um pouco o prisioneiro. Caso seja esta sua opção, não será mais possível montar novamente um motor original, como eu acredito em milagres…..guardei meu mecanismo original e montei conforme a opção 2 abaixo.

Opção 2 – Trocar o conjunto completo (cabos, ferragens, motor).

Outro problema que apareceu foi mal contato no rádio e no relógio/cronômetro digital, mas os problemas eram nos conectores com o chicote original do S/R que soltaram com a vibração, nada que um reaperto nos terminais não resolvesse.

Mais um detalhe corrigido (que estava funcionando, mas errei ao restaurar em 2014 o painel), comprei e montei o voltímetro do Monza S/R ano 88 e este S/R é 1987, alguns detalhes da impressão são diferentes no 86 e 87, veja nas fotos abaixo.

Ainda na parte elétrica, a luz do para-sol (moldura do espelho) não estava acendendo, o problema era em um fio interrompido, troquei e pronto, é claro que desmontei dos meus 2 S/R e usei as melhores partes para montar no S/R original.

Agora este detalhe deu bem mais trabalho, a luz que indica no painel que o freio de mão está acionado, não estava acendendo. Eu já havia testado o painel e colocado lâmpadas novas, então o problema estava no sensor que vai instalado no freio de mão ou no chicote elétrico. Na dúvida comprei (pela internet) um sensor novo, mas para isso é preciso tirar o banco do motorista, o console, os cintos de segurança e soleira da porta para finalmente levantar o carpete e desmontar o freio de mão e trocar o sensor.

Acabei descobrindo que o fio não estava ligado no sensor, soltei o chicote que vai até o painel e encontrei 1 fio com conector que não estava ligado a nada…testei e era o fio original !!!! foi só ligar no sensor novo e montar tudo de volta.

Como estava tudo desmontado aproveitei para limpar e trocar a forração entre o assoalho e o carpete.

Como o banco do motorista estava fora aproveitei e resolvi uma folga no trilho, um dos parafusos Allen do Recaro não estava dando aperto, apenas troquei por um parafuso novo.

Curiosidade: Veja nas fotos abaixo como se regula a altura dos bancos Recaro do Monza S/R. Existem 3 posições dianteiras e 3 traseiras na base que fixa o banco ao assoalho, você pode mudar a posição destes parafusos e escolher a altura antes de colocar o banco de volta no Monza.

Esse post foi publicado em #Página Principal, Curiosidades, Geral, Manutenção, Monza S/R 2.0S 1987, Placa Preta, Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s