Como instalar corretamente o cabo do velocímetro no Monza (repost – atualizado)

Este final de semana consegui “passar” o cabo do velocímetro de uma forma que o cabo ficou menos esticado e fez menos curvas do que eu havia escrito a 2 anos aqui em meu blog. Como diria Raulzito* em Metamorfose ambulante, “Eu prefiro..blablabla…..do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.

Primeiro conecte o cabo ao velocímetro, depois monte no carro, conecte a parte elétrica e a mangueira do vacúometro e só por último conecte o cabo a transmissão.

Veja na sequência de fotos abaixo por onde passei o cabo dessa vez!

IMG_20170812_111734469

IMG_20170812_111801465

E olhando por baixo do painel….

IMG_20170812_113540563

E abaixo a outra forma que eu havia postado antes, na verdade atualmente um de meus S/R está com o cabo do velocímetro montado da forma acima e o outro da forma abaixo.

* se vc nunca ouviu falar, pergunte ao google ou a seu avô!!!

Após instalar 3 cabos e quebrar todos em poucos metros (mais exatamente 800 metros no total), resolvi pesquisar mais sobre o assunto e acabei no fórum que participo:  (http://forum.monzeiros.com/index.php)

IMG_20150701_192036669

Na foto acima é o lado que estava conectado na transmissão/câmbio e foi “desfiado”, na foto abaixo veja como o cabo ficou “dobrado” logo após o conector (Na foto já havia corrigido a posição do cabo).

Este post é apenas para ilustrar com fotos as excelentes informações dos meus amigos do Fórum Monzeiros.

IMG_20150701_183754046

Como eu fiz: o primeiro passo foi passar  o cabo, para facilitar o encaixe da borracha de vedação, passei do lado do motor para dentro do painel.

O segundo passo foi deixar o cabo fazendo uma “curva” de maneira mais “aberta” possível passando entre os canos dos freios e chegando na transmissão (mas sem conectar ainda).

O terceiro passo  sentado no banco do motorista, foi fugir do óbvio, olhando na parede corta fogo do Monza (depois de retirar os instrumentos) vemos o furo por onde passa o cabo bem centralizado e parece que é só conectar no velocímetro e empurrar os instrumentos na posição. Mas quando fiz isso, acabei “dobrando” ou “entortando” o cabo, que acabou preso e desfiando ou quebrando. Bom, foi esse erro que cometi 3 vezes!!!! O correto é passar o cabo pelo vão direito do suporte do painel (próximo aos dutos de ar) e depois conectar no velocímetro usando a trava (Valeu a dica!!!! amigos do Fórum Monzeiros).

IMG_20150704_111918564

O quarto passo foi conectar o cabo na transmissão, remontar os instrumentos e acabamentos do painel.

IMG_20150701_190435072

quinto passo é esperar um final de semana sem chuva para tirar o S/R da garagem 150 e verificar se finalmente o velocímetro voltará a funcionar.

Obs: É possível montar o cabo do Monza com Transmissão automática em uma transmissão mecânica e ter um cabo um pouco mais comprido para facilitar a montagem. Outra dica é fotografar tudo enquanto desmonta o original para não sofrer depois.

 

 

Esse post foi publicado em #Página Principal, Geral, Manutenção, Monza S/R 1.8S 1986, Monza S/R 2.0S 1987, Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s